GERAL Sábado, 16 de Outubro de 2021, 07:22 - A | A

VIDA INTERROMPIDA

Estudante mato-grossense é encontrada morta em hotel no MS

Giovanna Teles foi encontrada por funcionários; causa da morte ainda está sendo investigada

Vitória Gomes
Mídia News

Reprodução

image

A estudante mato-grossense Giovanna Karollinne Teles Ferreira, de 20 anos, foi encontrada morta na manhã desta sexta-feira (15) em um hotel localizado em Ponta Porã (MS).

A jovem morava em Rondonópolis e também tinha parte da família em Florianópolis. No último ano ela cursou Medicina na Universidade de Pedro Juan Caballero do Paraguai, cidade colada a Ponta Porã, mas estava com a matrícula trancada desde o inicio da pandemia, quando o local parou de ter aulas presenciais.

Segundo o site regional Ponta Porã News, os funcionários encontraram o corpo da jovem após ela passar o dia trancada em seu quarto e levantar suspeitas.

A Polícia Civil da cidade iniciou as investigações assim que foi acionada, porém não pôde determinar a causa da morte em um primeiro momento.

Em entrevista ao MidiaNews, uma colega que preferiu não se identificar relatou que a estudante sofria de epilepsia e tinha convulsões durante as crises. A suspeita dos colegas é que Giovanna tenha morrido durante um dos episódios.

A colega ainda contou que a família da estudante não costumava deixá-la muito tempo sozinha, pois tinham receio que ela pudesse sofrer essas convulsões. Giovanna também tomava medicamentos para controlar as crises.

Apesar das suspeitas, a Polícia Civil de Ponta Porã ainda irá realizar mais apurações sobre a ocorrência e o laudo do Instituto Médico Legal (IML) deve indicar a exata causa da morte.

Após o anúncio do falecimento de Giovanna, amigos escreveram mensagens nas redes sociais lamentando.

“Minha irmã de coração e alma. Nossos seis anos de amizade foram os melhores, sempre que eu precisei você esteve comigo [...] Você é minha maior informação e eu sempre vou te amar”, escreveu uma delas.

 Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

Vacina que volta

 



Imprimir

Comentários